Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Twitter
Notícias
Principal   Notícias
 

16/01/2019 às 13:59:00
Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro há 30 anos curando e libertando almas na Abadia  de Itaporanga

TURISMO RELIGIOSO

 

Como surgiu a novena na Abadia:

 

Dom Stevam Stork, saudoso abade e Pároco do Mosteiro da Abadia de Itaporanga, sentindo a necessidade de que o povo de Deus fosse melhor atendido em suas solicitações de confissões, direções espirituais, orações de cura e libertação, bênçãos de crianças e adultos, de imagens, terços, etc, foi com o correr do tempo pensando em como solucionar esse problema, que fazia a porta da Abadia ficar superlotada, e seguir melhor os fiéis.

Sabendo, que o Reverendo Padre Sigardo Martins havia começado a novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro nas Capelas de Nossa Senhora dos Remédios (Bairro dos Remédios, em Itaporanga), Capela de Santo Antônio (Bairro Santo Antônio) e Capela de São Sebastião da Aldeia, celebradas às quartas-feiras seguindo um formulário feito pelo Revdo. Pe. Sigardo e mimeografado pelo Revdo. Pe. Eugênio Monteiro, muito bem elaboradas pelos dois sacerdotes, fáceis de se entender e de seguir todo o esquema para a celebração, Dom Estevam decidiu fazer o mesmo na Abadia, já que os cristãos das Capelas acima mencionadas faziam as novenas com muita piedade e obtinham inúmeras graças por intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

A intenção de Dom Estevam Stork era fazer com que o povo fosse à Igreja Abacial, para participar da novena e nela o celebrante abençoaria a água e o sal, as chaves das casas e dos veículos, roupas, remédios, etc., a fim de poupar os sacerdotes deste trabalho na portaria do Mosteiro. Dom Estevam pediu ao Revdo. Pe. Sigardo para iniciar esta novena em nossa igreja de São João Batista, em 1988.

O Revdo. Pe. Sigardo iniciou a novena dedicada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro às quartas-feiras. Posteriormente, observando no Revdo. Pe. Osvaldo a sua vida espiritual e a capacidade que ele tinha de pregar, cantar e de se comunicar com o povo, o Pe. Sigardo pediu-lhe para que ele fizesse a novena em seu lugar, realizando-a com muita santidade.

Porém, o Pe. Osvaldo teve sérios problemas no seu intestino, mas a cada dia o Senhor lhe dava paciência para suportar as dores e o tratamento de quimioterapia. Ele foi se definhando aos poucos, mas havia em seu coração um profundo amor e uma verdadeira conformidade com à vontade de Deus. Sua conversão levou-o a este verdadeiro caminho para a santificação de sua alma. Faleceu no dia 11 de Junho de 1991, às 10h, no Hospital Nossa Senhora das Graças, aos 48 anos de idade e 20 anos de profissão.

Dom Estevam, então, pediu ao Revdo. Pe. Benedito Romão da Silva para continuar a celebração da novena. Aos poucos o Revdo. Pe. Benedito foi dando-lhe uma característica própria, pois tinha muitos dons carismáticos e uma equipe de servos e sevas que participavam ativamente da novena, auxiliando-o naquilo que lhes era possível realizar como fiéis discípulos do Senhor. Quando o Revdo. Pe. Benedito não podia fazer a novena, pedia a um dos sacerdotes do Mosteiro, para que a rezasse por ele naquele(s) dias(s). Vinham pessoas de toda a nossa Região e até de outras cidades distantes de Itaporanga. As graças obtidas eram incontáveis, havia uma presença radiante de Nossa Senhora que derramava graças sobre todos. No momento da novena sempre houve confissões, atendidas pelo Revdo. Pe. Atanásio Ferreira, pelo Revdo. Pe. Dom Celso e pelos Padres disponíveis do Mosteiro.

Após a novena o Revdo. Pe. Benedito atendia na portaria do Mosteiro durante toda a madrugada, este atendimento chegava até o amanhecer. Com o esgotamento de seu organismo, pelas enfermidades que foram sucedendo, ele teve que diminuir os atendimentos na portaria, mas a novena a realizava com intensa dedicação.

Pe. Paulo Wantroba auxiliou e substituiu o Revdo. Pe. Benedito Romão da Silva muitas vezes na celebração da Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O Revdo. Pe. Benedito veio a falecer no dia 07 de Novembro de 2012, em Avaré.

Passou, então, a celebrar a novena o Revdo. Pe. Paulo Wantroba, que assumiu a função divina com grande dedicação e nas almas dos que participavam da novena fez o que pôde para manter nos fiéis o espírito sobrenatural e o amor à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O Revdo. Pe. Paulo Wantroba veio a falecer no dia 14 de Maio de 2014, vítima de um acidente com o carro, que era da Mitra Diocesana de Itapeva. Após o seu falecimento assumiu a novena o Revdo. Pe. Tiago Marques, o qual celebra a novena até os dias atuais. Nas suas ausências, a novena é celebrada pelo Revdo. Pe. Roberto Marcio Xavier Fernandes.

A Paroquia de São João Batista, convida a todos os fiéis, de todas as cidades do país, a fazerem parte da novena em honra a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que há 30 anos acontece na Abadia, às quartas-feiras, à partir das 16 horas, a qual também é transmitida via rádio comunitária (AM 1580). A Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro traz cura e libertação a todos que creem com devoção na Santa.

Mais informações: (15) 3565-3533 ou nos sites: www.radiosaojoaobatista.com.br e www.parsjbitaposp.com.br

 
 
 
 
Endereço
Rua: Bom Jesus, nº 738 - Centro
CEP: 18480-000
Atendimento
Segunda-feira a Sexta-feira das 08:00 as 17:00 horas
Telefone
(15) 3565-1397
Newsletter
Cadastre-se e receba informativos da Prefeitura de Itaporanga
© Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados.